CliniBella.png
Trabalhamos para transformar vidas

21/08/2017

Inibidores de apetite

Os inibidores de apetite são uma classe de medicamentos que têm como função reduzir ou saciar a fome. Estas substâncias são normalmente utilizadas por pessoas que procuram emagrecer de uma forma mais acelerada e eficiente, pois elas auxiliam no controle do ganho de peso.


Apesar de serem eficientes para a perda de peso, os medicamentos anorexígenos podem trazer consigo efeitos colaterais um tanto quanto indesejados, tais como quaisquer outras drogas. Por exemplo, diversos inibidores de apetite fazem parte da classe das anfetaminas, que podem causar dependência (por conta de suas propriedades estimulantes) e sintomas desconfortáveis, como a taquicardia. Certos pacientes também podem apresentar mudanças de humor, insônia e depressão.


Por conta desses efeitos indesejados que podem surgir, é importante que o paciente procure um médico antes de fazer uso de qualquer inibidor de apetite, para saber se ele tem condições de fazer uso de tais substâncias (há contraindicações para o uso de anorexígenos em certos grupos de pessoas, tal como pessoas com depressão e uso concomitante de outras medicações psiquiátricas, por exemplo). Também é muito importante que ao longo do tratamento com inibidores, haja um acompanhamento médico regular.


No Brasil, o uso de drogas inibidoras de apetite, como liraglutida e sibutramina é permitido. Esta última é apenas vendida sob duras regras devido aos riscos que pode oferecer ao paciente. Recentemente, um projeto no Congresso permitiu o retorno ao mercado de três outras substâncias que foram proibidas em 2011: anfepramona, femproporex e mazindol, todos derivados de anfetaminas.


Se utilizados corretamente e com supervisão médica apropriada, os inibidores de apetite podem ser benéficos e muito úteis no processo de perda de peso e controle da obesidade, entretanto, não devem ser vistos como um primeiro passo para o emagrecimento. É ideal e altamente recomendado que antes de proceder com o uso de anorexígenos, o paciente procure outras formas de reduzir o seu peso, como através de exercícios físicos e mudanças em seus hábitos alimentares, por exemplo. Os inibidores de apetite são uma excelentíssima opção eficiente para o emagrecimento, todavia devem ser encarados como alternativa que pode ser inserida no processo caso houver falha nas modificações de estilo de vida e possibilidade de benefício clínico, após análise  pelo endocrinologista.

 

____________

kleber-marques-clinibella-blog.png

 

Dr. Kleber Ramos Marques 

Endocrinologista e metabologista

CRM/PR: 21966